Widgetized Sidebar

This panel is active and ready for you to add some widgets via the WP Admin

Colégios do Grupo Positivo intensificam ações de combate ao bullying

Iniciativas visam a disseminar conhecimentos de conscientização e prevenção

Colégios do Grupo Positivo intensificam ações de combate ao bullying

Iniciativas visam a disseminar conhecimentos de conscientização e prevenção

Uma prática nociva presente em todas as esferas da sociedade, principalmente no ambiente escolar, o bullying se caracteriza por ações voluntárias e repetitivas de ameaças, intimidação e agressões, que podem ser físicas ou psicológicas. É um problema real que, se não controlado, pode ir além dos muros da escola e trazer sérias consequências.

Devido a essa preocupação social – e tendo como norte a Lei 13.185, de 2015, que implementou o programa nacional de combate ao bullying –, os colégios do Grupo Positivo vêm desenvolvendo ações estratégicas com o objetivo de promover um ambiente fértil para o desenvolvimento integral dos alunos e de seus colaboradores, disseminando informações e conteúdos para a conscientização e prevenção.

Conhecimento que desperta

CRÉDITO: Divulgação

Em agosto de 2021, o Centro de Inovação Pedagógica, Pesquisa e Desenvolvimento dos colégios do Grupo Positivo (CIPP), em parceria com a área de Compliance do Grupo Positivo, promoveu a palestra Bullying e cyberbullying: a ética do cuidado e a ótica da presença, com a especialista Ângela Mendonça. O encontro foi dividido em dois momentos: o primeiro destinado aos pais e responsáveis e o segundo, aos colaboradores dos colégios. O intuito foi despertar nos participantes um olhar mais crítico e cuidadoso a respeito do tema.

 Dois meses depois, em outubro, o projeto de formação continuada – TEIA, integrado ao CIPP, propôs cinco encontros de formação aos professores para desenvolver competências que os permitissem atuar nas situações de conflito, com ou sem violência. Como resultado, os participantes tornaram-se aptos para aplicar práticas restaurativas, que devem ser privilegiadas em detrimento das punitivas, utilizando-se de técnicas de mediação por meio do diálogo.

Pílulas de conhecimento

Quinzenalmente, são enviadas por e-mail pílulas de conhecimento aos coordenadores de segmento e professores. As Psicodicas trazem orientações a partir de aspectos da Psicologia que podem colaborar para o aperfeiçoamento da prática docente. Além de conteúdos sobre bullying e cyberbullying, os professores também recebem dicas de como lidar com situações de crise envolvendo emergências psicológicas, por exemplo, e informações relacionadas à importância da relação professor e aluno e à inclusão.

Outra ação, agora direcionada aos pais de alunos e disponível no Youtube, é a websérieSem neura (produção do Serviço de Psicologia Escolar – SerPsi em parceria com a área de  Marketing do Colégio Positivo).  O objetivo da série é oferecer conteúdos voltados à interface entre a Psicologia e a Educação. Desde 2020, são lançados vídeos, textos e podcasts com temas relacionados à saúde mental, ao desenvolvimento da criança e do adolescente e ao bullying e cyberbullying, entre outros, além de dicas de como lidar com situações desafiadoras para os pais.

Em paralelo a todas essas ações, foi criado o Guia Antibullying, um documento elaborado em parceria com o Compliance do Grupo Positivo, para nortear e apoiar tecnicamente nossos educadores e que tem sido um aliado em situações específicas. Construído de forma colaborativa, o material possui nove capítulos e engloba temas que vão desde prevenção e ações educativas até sinais, formas de atuações e consequências do bullying.

CRÉDITO: Divulgação

Conhecer para combater

CRÉDITO: Divulgação

Lançado durante a Positivação de Verão deste ano, em janeiro, o vídeo Antibullying é o material mais recente sobre o tema produzido pela instituição. A partir de diferentes perspectivas, de maneira simples, esclarecedora e instrutiva, ele fornece as informações sobre todas ações classificadas como bullying e auxilia o público a compreender melhor o assunto.

CRÉDITO: Arquivo pessoal

“Os colégios do Grupo Positivo irão realizar ainda este ano duas grandes ações, nos meses de abril e outubro, por ocasião do Dia Nacional de Combate ao Bullying e do Dia Mundial de Combate ao Bullying. Porém, sabemos que o trabalho de prevenção e de combate a esse tipo de violência não fica restrito a essas datas, devendo ser contínuo. Dessa forma, buscamos a formação constante das equipes para que todos estejam sempre alinhados e capacitados para acolher e orientar os alunos em situações dessa natureza.”

Maísa P. Pannuti, especialista da área de Psicologia do Centro de Inovação Pedagógica, Pesquisa e Desenvolvimento dos colégios do Grupo Positivo (CIPP).

CRÉDITO: Arquivo pessoal

“Os colégios do Grupo Positivo irão realizar ainda este ano duas grandes ações, nos meses de abril e outubro, por ocasião do Dia Nacional de Combate ao Bullying e do Dia Mundial de Combate ao Bullying. Porém, sabemos que o trabalho de prevenção e de combate a esse tipo de violência não fica restrito a essas datas, devendo ser contínuo. Dessa forma, buscamos a formação constante das equipes para que todos estejam sempre alinhados e capacitados para acolher e orientar os alunos em situações dessa natureza.”

Maísa P. Pannuti, especialista da área de Psicologia do Centro de Inovação Pedagógica, Pesquisa e Desenvolvimento dos colégios do Grupo Positivo (CIPP).

Trazer para o cotidiano escolar discussões que contribuam para a construção de ambientes mais seguros e confortáveis, pautados em uma cultura de respeito, cooperação e solidariedade, é a base para uma sociedade mais justa e igualitária. O combate ao bullying não deve se limitar apenas ao discurso ou a ações isoladas: ao contrário, deve ser um trabalho conjunto, aplicado para a realidade da nossa comunidade escolar de forma estruturada, inteligente e participativa.

Copy link
Powered by Social Snap